30.4.08

Crónicas de uma viagem (III).




O Lago Nakuro está situado no imponente Rift Valley, um complexo que diz-se existir há 35 milhões de anos e que se estende desde o Líbano até ao norte de Moçambique. Esse imenso lago com cerca de 60 km2 e onde as margens se escondem uma da outra, é o habitat de flamigos-rosa, aves que as pessoas acham bonitas e por quem eu, verdade seja dita, não nutro grande simpatia. Mas o que os nossos vêem à chegada é admirável. Temos a sensação, ao longe, que as águas tranquilas do lago mudaram de cor tal é o tom aroseado que o inunda, de tantos, aos milhares, serem os flamingos que o habitam. O Lago Nakuro é dos locais mais tranquilos onde pernoitei. A tenda era magnífica, de uma simplicidade e preciosidade inimagináveis, em tons brancos, repousantes e aconchegantes. E dormi tão bem... na companhia dessas aves pernaltas de bico curvado. Dormi bem e acordei sereno, quase à mesma hora do sol, num dia que amanheceu sorridente e colorido pela plumagem em tons de rosa vivo dos guardiões desse magnífico Lago.

5 comentários:

Fenrisar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
PSB disse...

Mike
Pela fotografia deve ser um espectáculo impressionante, pela quantidade de flamingos juntos. Apesar, devo confessar, que tenho alguma antipatia por tudo quanto tenha bico, mesmo curvo, ao que parece motivada por um qualquer trauma infantil.
Aves, só no prato.
Um abraço
PS. E a tenda, mais uma vez, deslumbra. Deve ter sido uma viagem inesquecível.

Mike disse...

(risos)... Pedro, junte-se à equipa que antipatiza com tudo o que tenha bico... exceptuando no prato.
Tenho que ser honesto: a viagem foi, de facto, inesquecível.
Abraço e bom feriado.

av disse...

Inveja, inveja...

E mais uma que prefere a bicharada de penas... no prato. Sacrilégio, dirão os estetas que os pássaros são animais lindos. Mas eu não tenho nada contra olhar para eles, mexer-lhes é que está fora de questão. Esse mar de flamingos rosas deve ser de cortar a respiração, visto lá. Lembra-me logo a célebre cena do avião, no Out of Africa.

Mike disse...

Agora que a AV menciona, é bem verdade... nem me lembrava da tal cena do avião, no Out of Africa... :)

Arquivo do blog