22.5.08

Amalfi, Capri e Sorrento.


O amanhecer chega com o céu limpo, deixando que um sol radioso nos abrace do lado de fora da vidraça das janelas. A imensidão da Baía de Nápoles e o Vesúvio que se ergue inquieto ao longe, aguardam que a vista os alcance e se delicie com a magnitude da paisagem. A Maison La Minervetta está ali para aconchegar-nos, tomando-nos nos seus braços de uma forma exclusiva e refinada, confortavelmente, mas sem dispensar um estilo luminoso e contemporâneo que se deixa envolver pelas cores mediterrânicas. Construído nos anos 50, este pequeno hotel de doze quartos foi concebido para ser um restaurante, o Don Giovanni Cacaci. La Minervetta, charmosa, intimista e serena, e vivendo numa quietude contagiante, é um local encantador que nos convida sem que consigamos ou queiremos dizer que não, a desfrutarmos de uma das mais belas regiões do mundo. E quem tem pavor em viajar de avião, poderá sempre optar pela via terrestre, utilizando o comboio, e deixando-se invadir pela atmosfera romântica de Amalfi, Capri e Sorrento.

21 comentários:

ana v. disse...

Oh, Dio... Amalfi é um golpe baixo, Mike! E la mia grota azurra, e Sorrento, e la bella Napoli!
Vou mas é dormir, que isto está a fazer-me mal...

mike disse...

Golpe baixo, Ana? Golpes baixos dão-se lá para outros lados onde as portas estão escancaradas e sopra cá uma ventania "desagravada". (risos)

cristina ribeiro disse...

Em sonhos, é certo, mas é como se lá estivesse, e a ouvir Pavarotti :)
Se precisar d'alguma coisa, Mike, basta um telefonemazinho :)

fugidia disse...

Eu estive do outro lado :-p
Dei a volta ao Vesúvio :-)))
Ah, e lamento, mas não gostei muito de Nápoles :-(

Acha, Mister, que além de tudo o mais que tenho vindo a mencionar, nos poderia oferecer, a mim e à Ana, uma estadiazita, poucos dias (não mais do que uma semana, por ex.), neste hotelzito?
Como adenda ao prémio do duelo?
(sorrisinho e leve pestanejar de olhos....)
:-)))

ana v. disse...

Acordei em Anacapri, Mike. Vou agora até lá abaixo dar um belo passeio e depois comer scalopini com um rizo al burro. Ou talvez com spinachi, logo se vê.
Até logo. Já sei que por aí chove a cântaros, coitadinhos!

mike disse...

Obrigado, Cristina, :)
Desfrute. E garanto-lhe que é um local fantástico, daqueles inesquecíveis.

mike disse...

Fugidia, (risos) a menina sabia que não é nada meiga a pedir? Sai mais em conta às duas, porque quem vai ganhar sou eu e assim era só uma estadia. :) E vou de bom grado revisitar Amalfi e não me importo de ficar no hotelzito.

mike disse...

Ah, também não gostei muito de Nápoles, mas achei-lhe... como dizer? uma certa piada. :)

mike disse...

Ana, a menina é uma sortuda. Se fosse a si nem hesitava... com um rizo al burro. :)

ana v. disse...

Eu acho a maior graça a Nápoles, com toda aquela agitação e caos de trânsito. Lembro-me de estar a almoçar numa esplanada e ver passar, por duas vezes e em velocidade alucinante (em sentido proibido, numa delas), uma perseguição policial. Nápoles é o melhor exemplo daquela Itália típica dos filmes - discussões à janela, gritaria entre vizinhos, etc. Uma delícia.

mike disse...

Ah também lhe achou uma certa piada... :)

ana v. disse...

Claro que sim, Mike. Não duvide.
:)
(Nápoles seria uma boa preparação para o jogo de futebol, o ambiente não é muito diferente...)

O Réprobo disse...

«Torna a Sorrento»? Não acredito que o tentem, com a crise do lixo que lá grassa, Queridos Amigos. Eu, que gostava de conhecer a Capri de Tibério, nunca lá fui, detive-me mais ao Norte. Mas, como referência, ainda tenho o tempo em que nos dava Luxo em vez de lixo, não é de lá que a Sophia Loren vem?
Beijinhos e abraços

ana v. disse...

Mas fez mal, caro Paulo. A Capri de Tibério e de Axel Munthe vale sempre a pena. Aliás, toda aquela região. Aliás, a Itália inteira!

mike disse...

Eu, comodamente, e deixando que a Ana tenha as despesas da defesa... ;)

ana v. disse...

Preguiçoso, menino Mike... está a poupar-se porque amanhã é dia de trabalho, ou está de "ponte", em velocidade de cruzeiro?

mike disse...

O que é estar de ponte, Ana? :)

ana v. disse...

Ora, é pegar o feriado com o fim de semana. Fazer ponte.
:)

Luísa disse...

A propósito deste e do «post» anterior, Mike, tenho de lhe confessar que as minhas convicções futebolísticas atravessam um tenebroso momento de dúvida… Haverá tratamento para isso? :-D

mike disse...

Oh Luísa, o tratamento pode começar pela Maison La Minervetta. E repare que pode ir de comboio... ouvi dizer que tem pavor de viajar de avião. :)
Depois, se o Jaguar não lhe agradar, ou o nome do chauffer, peça para serem mudados. O meu pai sempre me disse que restaurantes e jóias, as senhoras só escolhem (outros tempos?) e, digamos, que isso se pode aplicar também a carros e chauffers (risos).
Ah, só há uma coisa que não deve, nem pode mudar: o estádio do Sporting.

lotto 649 numbers disse...

Yuts, daw palagpat imo blog.

Arquivo do blog