22.10.08

Um dardo para a desconversa.

Caminhos que são um Privilégio para quem os escolhe e para quem por eles caminha, que é como quem diz, para quem os lê. O Verão estava prestes a chegar e Lá se fazia um convite para que se abrissem as cortinas, quando Os comentei pela primeira vez. Com um “esteja à vontade Mr. Mike”, foram-me franqueadas as portas de um Caminho onde a poesia, de que sou avesso, é rainha, a escrita soberana e a sensibilidade é a princesa que escolhe as imagens. Quatro meses depois desse primeiro passo, entre um caminho trilhado diariamente, foi-me atirado um Dardo inesperado, em reconhecimento de determinados valores. Cumpre-me aqui agradecer muito mais que o prémio atribuído. Agradecer, acima de tudo, terem-se aberto as cortinas no dia 2 Junho. E manifestar a satisfação de receber um prémio sem nunca ter deixado de ser o que eu sou e como eu sou. Gosto que seja assim. Obrigado.

7 comentários:

JúliaML disse...

...não é que o mafarrico me fez chorar?

ficou lindo, Mike! As suas palavras feitas à sua maneira foram muito mais lindas do que o piroso do selo, amigo! Obrigada por elas , por me fazer rir todos os dias, por me deixar dizer palermices. Post mai lindo!
:-)

mike disse...

Júlia, :-)

JúliaML disse...

hein?

:-)

mike disse...

Apenas devolvi um sorriso feliz ao seu comentário. :-)

fugidia disse...

:-)
:-)
:-)
Beijinho aos dois.

Paulo Cunha Porto disse...

Um caso raro: Quem recebe muito digno de Quem dá.
Beijinho e abraço

mike disse...

Agradeço e retribuo, Fugidia. :-)

Dar sem nada esperar em troca e receber, caro Amigo. Assim fui educado e assim conduzo a minha vida.
Abraço.

Arquivo do blog