22.10.08

Feliz aniversário, companheiro.

Não esperava que te abandonasses, que tivesses decidido partir. Já te tinha dito isso, mas não vamos voltar a discutir. Acompanhei-te até ao último suspiro e foi a mim que dirigiste as tuas últimas palavras acompanhadas de um abanar de cabeça reprovando a minha saída breve da tua cabeceira para ir comprar cigarros. Diziam-me que talvez me ouvisses depois de teres fechado os olhos, entregue a um repouso que te apaziguava a dor. Fiz como combinámos. A vida não pára para quem não quer que ela pare. Como a minha e como a tua, até teres decidido o contrário. Li-te o jornal diariamente e comentei-o entre risadas, parecendo ver-te sorrir, por querer ver-te sorrir nesse teu repouso antes que o caminho da eternidade resolvesses trilhar. É bom continuarmos a conversar de vez em quando. Como fizemos este fim-de-semana que passou, no sábado, o dia do teu aniversário. Acho que gostaste da prenda que te ofereci. Sei que gostaste, o que me segredaste ao ouvido sempre foi genuíno. As pessoas que nos são queridas não partem, apenas deixamos de as ver, não é, pai?

14 comentários:

JúliaML disse...

:-(

sem palavras!...

fugidia disse...

Um beijo.

José, o Alfredo disse...

Espero que neste aniversário a prenda tenha sido NÃO leres o jornal. Há pessoas, e creio que é o caso, que merecem ser poupadas.

Paulo Cunha Porto disse...

Abraço, Meu Amigo.

Anónimo disse...

Júlia, ponha lá um sorriso no rosto que o pai Mike não gostava de tristezas. :-)

Outro para si, Fugidia. :-)

A prenda foi outra José. E poupei-o, claro. Não houve leituras de jornal em dia de aniversário.

Abraço, caro Amigo.

JúliaML disse...

:-))

mike disse...

Só agora reparei... deu anónimo, caramba. (risos)

Assim está melhor, menina Júlia.
:-)

Luísa disse...

É, Mike, é isso mesmo que sinto: as pessoas que nos são queridas não partem, apenas deixamos de as ver. Também falo muito com o meu Pai. Talvez até mais agora do que dantes. Um beijinho. :-)

mike disse...

Outro para si, Luísa. :-)

Grande Jóia disse...

"...gostaria de lhe dizer que apreciei a imagem das jóias (e não apenas pela Angelina). Fez-me lembrar o meu pai que costumava dizer que restaurantes e jóias as senhoras apenas escolhem... ;)
17 de Março de 2008 23:15"
Mike,achei que esta era a melhor forma de lhe dar um abraço.

ana v. disse...

Aqui fica mais um beijo, Mike.
E olhe, tenho a certeza de que ele gostou da prenda... não foi escolhida com amor? ;-)

mike disse...

Grande Jóia, que "rasteira" essa que a senhora me pregou... ;-)
E não é que o pai Mike me costumava dizer isso mesmo? Eu bem lhe explicava que os tempos eram outros, mas ele convenceu-me que há coisas que não devem mudar.
Um abraço.

Outro para si, Ana. Foi escolhida com amor, sim. :-)

leonor disse...

Um beijo, Mike. A falta que eles nos fazem.

mike disse...

Mas continuam a olhar por nós, Leonor. Outro para si. :-)

Arquivo do blog