16.7.09

Vou pensar no teu assunto, Calvin...


... e entretanto aproveito para adormecer sorrindo, que é muito saudável.

12 comentários:

Dulce Braga disse...

Bons sonhos Mike :)

Luísa disse...

Mike, na minha infância, também achava a matemática, como a religião, uma questão de fé. Hoje, já acho, tal como a religião, uma questão de «lógica». E assim vão evoluindo as nossas «fés» para «fezadas»… ;-D

Mike disse...

Eu ia dizer, obrigado Dulce. Mas aproveito para acrescentar que adormeci com um sorriso depois de pensar no assunto do Calvin. :)

...................................

Luísa, questão de fé para mim é o Sporting. (risos)
Mas a matemática, que nunca foi uma religião, passou com o tempo a ser uma "fezada". (mais risos)

cristina ribeiro disse...

E olhe Mike, que por cá até o tempo convida a uma soneca :)

Mike disse...

Cristina, por aqui também convida, mas só dá para fazer uma soneca depois da criançada estar deitada. :)

Rita Roquette de Vasconcellos disse...

matemática ...
aritmética ...

pesadelos

bjs

Mike disse...

Ora, ora, Rita, vindo da doutora arquitecta... bom, está visto que o Calvin tem mais alguém que o compreende. (risos)

sum disse...

Ah pois, retiro o que disse, e peço desculpa. :))
Afinal tínhamos Calvin... e a falta foi minha! :D
O que quer dizer que não adormeci com um sorriso porque não quis...
E estou de acordo com o Calvin, Matemática tem muito de religião. (risos)

Mike disse...

(risos)
Mas assim hoje pode dormir com um sorriso, Sum. :)

LADY-BIRD, ANTITABÁGIKA, FÃ DO JOMI LOL E JÁ AGORA DOS NOSSOS AMIGOS ANTI-TECNOLOGIAS: MARCHANTE (se não existissem tinham que ser inventados) disse...

Eu gostei de matemática até às funções...parábolas e afins...
E gosto muito de fazer contas de cabeça!!!lol

beijinho

Mike disse...

O pior é se erra nas contas que faz, menina Lady Bird... (gargalhada abafada)

bacouca disse...

Mike,
Este Calvin é espectacular! Acredito que tenha adormecido a sorrir e como acordou? Não teve pesadelos?
Andei sempre em colégio de freiras e não sei se por isso matemática e religião não queriam nada comigo. Hoje sou eu que não quero nada com a matemática mas quanto à religião tenho fé. E porque será que dizem: felizes dos que tem fé? O Calvin não saberá?!!!
Um beijinho

Arquivo do blog