24.6.09

Rua Amauri, 319, São Paulo.

Era, pelo menos enquanto vivi em São Paulo, um dos locais da badalação no fervilhante Itaim e ostentava a grife Fasano, tendo como um dos proprietários o empresário João Paulo Diniz, herdeiro da gigantesca cadeia Pão de Açúcar. A decoração é moderna e é um dos atractivos da casa, e foi criada pelo arquitecto Isay Weinfield. As paredes transportam o nosso imaginário para o cinema italiano e são decoradas a preceito por posters da sétima arte transalpina. Mas o charme da Forneria San Paolo, para mim, é o imenso balcão de vinte e dois metros de madeira envelhecida. Este restaurante é o local ideal, na capital paulistana, para uma refeição supostamente leve, depois de uma ida ao teatro. Do cardápio destaco o delicioso panini em pão de miga, com muzzarella, tomate fresco e manjericão, e o panini na massa de pizza com queijo brie, peito de peru, tomate fresco e azeitonas pretas. Não deixamos que a sede se apodere de nós e, para quem não aprecia cerveja, há bom vinho servido a jarro. Da cozinha também saem pizzas, pastas, saladas, carpaccios, carnes e deliciosas sobremesas. Também há os clássicos italianos que fazem sucesso, como o hamburguer com queijo cheddar e o hot dog com salsicha especial, feitos com massa de pizza e assados no forno de lenha. Uma delícia. Para quem deseja apenas uma sandwich, a lista é enorme e de fazer crescer água na boca. Confeccionadas pelo chef Rodrigo Gonçalves em pão de miga, em pão chapata, ou em massa de pizza, com mais de 30 opções de recheio, acompanhadas de salada ou batatas fritas. A partir da meia-noite, uma jukebox com 600 músicas entra em acção e a selecção é feita pelos próprios clientes, através duma ementa levada à mesa pelos empregados, quer dizer, pelos garçons. Resta-me acrescentar que a Forneria San Paolo é muito bem frequentada.

7 comentários:

Rita Vasconcellos disse...

não sei se é assim que se diz
ora aqui vai mesmo assim

u make me feel water in my mouth?

eh eh eh
bjs
Rita V

Mike disse...

(gargalhada)
Rita, mas é mesmo assim que ficamos quando vamos à Forneria San Paolo... with water in the mouth. (risada)

ana v. disse...

Gira, a ideia da jukebox. O resto da descrição também me faz água na boca. :-)

Patti disse...

Se é bem frequentado, devíamos organizar um charter e irmos todos os que aqui comentam habitualmente!
O Mike é que paga, pois ‘tá claro, porque teve a ideia.

Era ou não era?

Mike disse...

Ana, o restaurante é gostoso. Havias de gostar. Pela atmosfera e pela cozinha. :)

...................................

Não queria mais nada, Patii... (risos)
Eu partilho experiências e dou ideias, é ou não é? ;)

Luísa disse...

Secundo a Patti: se o local é bem frequentado, temos de lá ir «morder o ambiente». Mas não sem antes aprofundar o conceito de boa frequência do nosso Mike. Faça o favor de nos esclarecer, Mike… ;-D

Mike disse...

A seu tempo fá-lo-ei, Luísa. Fica prometido. ;)
Curiosas, as senhoras, safa... (risos)

Arquivo do blog