2.2.09

Porque hoje é segunda-feira.


As minhas actrizes favoritas:

Meryl Streep

26 comentários:

... don't know for sure disse...

Well chosen ...

Júlia Moura Lopes disse...

a minha actriz preferida :-)

Mike disse...

Eu acho-a uma actriz fantástica... for sure, don't know for sure. (risos)

Mike disse...

Não conseguirei dizer que é a minha preferida, mas anda lá perto, Júlia. :-)

¤¤¤¤ disse...

Simplesmente fenomenal em "Kramer contra Kramer"... e outros!

LADY-BIRD, ANTITABÁGIKA, FÃ DO JOMI LOL E JÁ AGORA DO NOSSO AMIGO ANTI-TECNOLOGIAS: MARCHANTE (se não existisse tinham que o inventar) disse...

Mamma Mia! julgava que preferia a Hurley...lol

Beijinho

ps: também gosto...=P

Grande Jóia disse...

Sabe que no início não gostava dela? A começar pela voz, talvez também pelo filme Kramer vs Kramer que era a primeira afirmação do papel mulher em relação ao de mãe, e não lhe via ponta de graça.
Como a nossa percepção muda, hoje admiro principalmente a serenidade (em As Horas) e a sensualidade (As Pontes de Madison) que a idade lhe deu.

ana v. disse...

Aqui só pode haver consenso, Mike. Mas concordo com a GJ: também a mim a voz irrita, embora goste muitíssimo dela. É uma actriz para a História do cinema.

cristina ribeiro disse...

Pronto, Mike, e eu não fujo à regra ( que, como qualquer regra que se preze, terá excepções ) :)

fugidia disse...

Sim, as Pontes e mamma Mia: rendi-me de vez :-)

(Gosto dela, sim, percebeu bem :-p)

Mike disse...

****, estamos de acordo sobre a actriz, mas não foi em Kramer Vs Kramer que a Meryl Streep mais me impressionou. :-)

Lady Bird, Mamma Mia foi um dos papéis recentes em que a Meryl Streep esteve ao seu melhor nível. :-)

Nunca tive anti-corpos em relação a ela, GJ. E sim, nas Pontes de Madison, a sua interpretação foi enorme. :-)

Estou inteiramente de acordo, Ana. Uma actriz incontornável e que já faz parte da História do Cinema.

Por enquanto ainda não há excepções, Cristina. E creio que dificilmente haverá. ;-)

Percebi bem e mencionou dois filmes de eleição, Fugidia. :-)

Leonor disse...

Belíssima escolha, Mike

Mike disse...

Muito obrigado, Leonor. Demasiado consensual, diria... ;-)

ana v. disse...

Os meus dois filmes preferidos com ela (têm uma distância enorme no tempo mas são ambos excelentes): A amante do tenente francês e As Horas.

Silvia disse...

É uma excelente actriz, sim senhor. Multifacetada e humaniza bastante as personagens.

Mike disse...

Nada me leva a discordar contigo, Ana. Dois excelentes filmes.

Só resta concordar consigo, Sílvia. Seja bem vinda. :-)

Luísa disse...

Acho que sim, Mike. A Meryl Streep é como o vinho do Porto, tem ganho com a idade. Era uma rapariguita indiferente, mas fez-se uma mulher muito interessante. Era uma jovem actriz um bocadinho espartilhada num estilo «vago», «etéreo», mas fez-se uma actriz madura muito descontraída, versátil e intensa. Aprovo. Mas, mesmo assim, arranco daqui, apressadamente, para a Porta do Vento. ;-D

Mike disse...

... apressadamente para a Porta do Vento... humprffft!!! Percebo... (silêncio enciumado... quebrado por risos) :D

Júlia Moura Lopes disse...

no Kramer contra Kramer é uma representação menor, numa historiazinha de caracácá, para americano ver :-/

Gostei dela no "A escolha de Sofia"
e no "Amante do Tenente Francês" e ainda noutro que não sei o nome, nunca sei os nomes dos livros nem dos filmes, que coisa!!

Mike disse...

Eu também me esqueço tantas vezes dos nomes dos livros e dos filmes, Júlia... mas já não me incomodo com isso. :))

Júlia Moura Lopes disse...

e n'"A Casa dos Espiritos"?
ela é a cara e alma da "Clara"

Mike disse...

Júlia, n'A Casa dos Espíritos ela está fantástica. Bem lembrado. :-)

ana v. disse...

Não, hoje já não é segunda-feira. É quarta! E um post novo, hein??

Mike disse...

Muito trabalho, cansaço, falta de inspiração e, se calhar, alguma preguiça à mistura. ;)

Teresa Ribeiro disse...

A maior! Só faltava triunfar num musical, coisa que entretanto também fez! Fiquei a admirá-la ainda mais depois desse arrojo, feito numa fase da carreira em que já não tinha mais nada para provar. Nesta foto ela está linda1

Mike disse...

Não serei tão resoluto, Teresa. Mas é grande, sim senhora. E admiro esse arrojo dela que menciona. A foto? Também a achei muito bonita. :)

Arquivo do blog