14.2.09

Desconversa de homens em véspera do tal dia.

Cheguei tarde, não fui capaz de evitar. Esperava-me no páteo, na companhia de outros dois companheiros, pelos vistos ainda com menos sorte que ele. Em dias de natação, como o de hoje, recebe-me com um ar estafado, mas o sorriso aberto continua lá no rosto de menino, quer dizer, de homenzinho. E nem mesmo o cansaço o impede da corrida aos tropeções em que faço de meta. Trazia um coração de cartão na mãos.

Uau, que coração tão bonito. Foste tu que fizeste?
Sim.
Está muito giro.
É para o dia dos namorados, pai.
Ah...
E vais dar à mãe?
Ó pai, a mãe não é a minha namorada.
Pois... então é para quem?
Para Maggy, pai. Fiz esta tarde para lhe entregar amanhã.
(Ele ainda se baralha com os amanhãs, ontens e por aí adiante).
Na segunda-feira, é isso?
Sim, quando voltar para a escola.
Ela vai gostar muito deste coração.
Eu também acho. Olha, quando chegar a casa posso ir para o teu computador?
Para jogares o Panda?
Sim. E dizes logo à mana que sou eu a ir para lá.
Ok, eu digo.
Porque é que ela não traz o computador dela para tua casa?
Porque se esquece.
Aquela miúda esquece-se de tudo.
!!!!! (gargalhada)

Em silêncio até casa. Achei que devia respeitar o silêncio dele, que adivinhava um pensamento absorvido na sua Maggy. Pudera, ela esta manhã, mal entrámos na sala, perguntou-lhe, sim que eu bem ouvi enquanto me afastava, se ele lhe tinha trazido a prenda do dia dos namorados. E ele de mãos a abanar. Isto está bonito...

14 comentários:

LADY-BIRD, ANTITABÁGIKA, FÃ DO JOMI LOL E JÁ AGORA DO NOSSO AMIGO ANTI-TECNOLOGIAS: MARCHANTE (se não existisse tinham que o inventar) disse...

Mike, meta atrás do coração o seguinte: "Para a Maggy: 171.º nº3b) do Código Penal..."

Mas não é que o miúdo é danado para a conquista... é fresco...é...deve ter a quem sair...lol

Ainda bem que gostou do Summertime, a Ella é a Ella...lol

beijinho

Luísa disse...

Quando há demasiadas mulheres na vida de um homenzinho, é assim! Não devia ter respeitado o seu silêncio no regresso a casa, Mike, que há aí, nitidamente, um caso de relativa indisciplina emocional, a precisar de um experiente conselho paterno. ;-)

Mike disse...

De repente li 171, 3º B, rua do Código Penal e como não bate certo com nenhuma das moradas do homenzinho, estranhei... (risos)

Mike disse...

Acha Luísa? Hum... não sei. Indisciplina emocional, demasiadas mulheres na vida de um homenzinho... hum.
Não será que é na juventude que todos devíamos desfrutar de indisciplina emocional? Conheço pessoas que não conheceram isso na juventude e quando a indisciplina chegou em idade adulta foi um cabo dos trabalhos. Mas entendo, concordo e agradeço a sua sugestão sobre o experiente conselho. ;D paterno

Margarida disse...

:)

Indisciplina emocional

:))))


(Isso tem idade? pensei que tivesse a ver com estados )

Mike disse...

(risos)
Acho que tem ver com estados, Margarida. Mas a idade ajuda à disciplina emocional. :)

ana v. disse...

Percebo muito bem a Maggy, é impossível resistir a um galã de 4 anos com toda essa doçura.
Tens aí um Don Juan em potência, Mike... :-)

mike disse...

É o que me dizem as meninas educadoras e auxiliares lá da escolinha, Ana. :)

Patti disse...

Isso é que deve ser um caso sério, pois a Maggy já tem tudo controlado: presentes, o pensamento dele, o seu silêncio ...

Mike disse...

É sempre assim, Patti. Não há nada que uma mulher não queira, que um homem não faça. ;)

cristina ribeiro disse...

Engraçado: cá em casa a sobrinha de quatro anos anunciou o noivado. Será que o pedido foi feito de coração de papel na mão? :)

Teresa Ribeiro disse...

:)))) (derretida!)

mike disse...

Ó Cristina, que raio é que se está a passar com esta miudagem? (risos)

mike disse...

Teresa, :)))

Arquivo do blog