17.2.09

Cada um com as suas (seis) manias.

A Teresa Ribeiro cometeu um delito e fundamentou a sua opinião através de um post amigo do ambiente. E, há que tirar-lhe o chapéu, ainda fez humor ao acorrentar uns quantos inocentes, nos quais me incluo. O tema é vago e, nas suas palavras, reciclável. Fui gentilmente convidado (ou acorrentado?) a confessar seis particularidades minhas. Caberá na cabeça de alguém declinar tão amável convite? Na minha não, por isso aqui vai.

Sou incapaz de sair do banho diário matinal sem tomar um duche de água fria. Não, não é morna, é com a torneira totalmente no frio. Isso acontece nos 365 dias do ano. Sem isso fico com a sensação que não tomei banho.

Mantendo-me na divisão menos nobre da casa, acrescento a segunda particularidade: escovar os dentes (sim continuo a dizê-lo como se diz no Brasil, fruto de alguns anos de vivência em São Paulo), dizia eu, escovar os dentes só com água fria, senão fico com a mesma sensação, i.e., que não os escovei.

Quando chego a casa a primeira coisa que faço é descalçar-me. Felizmente fui abençoado já que não há cheiros desagradáveis.

Quando acordo abro a janela do meu quarto, nem que seja uma fresta, faça a temperatura que fizer lá fora. E deixo-a aberta durante todo o dia. Nem se atrevam a fechá-la. De seguida abro os estores todos da casa. Luz, preciso de luz.

Só gosto de manteiga rija (talvez por isso evite torradas).

Detesto levantar-me e ver a cozinha por arrumar ou cinzeiros (nem que seja um e apenas com um cigarro) por despejar. Prefiro deitar-me fora de horas e deixar a cozinha arrumada.

Eram são seis, não eram? Há muitas mais particularidades mas não é suposto dizê-las. Não é suposto? Então vou quebrar a regra e acrescentar só mais uma: só consigo ler ou escrever em silêncio. Nem música suave e com o volume no mínimo.

E como para reciclar conteúdo basta seguir a corrente, aqui vai ela: Leonor Barros, Sum, L. Rodrigues, Luísa, Júlia e Helder Robalo.

20 comentários:

Marie Tourvel disse...

Olá, Mike, querido. Uma visitinha ao meu novo amigo. ;)
Adorei seu blogue. Já virou um queridinho da Marie. ;)

Beijos

Luísa disse...

Partilho algumas das suas manias, Mike, mas a da água fria não é uma delas. Diz que enrija os músculos, mas a mim também parte os ossos. Até os da cabeça! ;-D
P.S.: Estou a preparar a resposta. Se bem que, nestas alturas, me sinta uma mulher perfeita…

Mike disse...

Seja bem vinda e obrigado, Marie. Simpatia sua. :)

Mike disse...

É uma questão de hábito, Luísa. Agora, depois de ler o seu comentário fiquei a pensar... será por isso que já se devem ter partido uns quantos ossos nesta minha cabecinha? ;D
Ficamos a aguardar, com imensa curiosidade, a resposta de uma mulher perfeita, que sendo o caso, não terá manias e sim particularidades. :)

ana v. disse...

Água gelada? Grrrr... nem mesmo em pleno Verão, Mike! Mas para "escovar" os dentes também tem que ser fria, sempre.

Também tenho curiosidade em ver as respostas perfeitas da Luísa... ;-)

Mike disse...

Às vezes até eu a acho gelada, Ana. Mas o banho já não me sabe a banho se não for assim. Manias... ;)
Esperemos pelas respostas perfeitas da perfeita Luísa... (risos)

LADY-BIRD, ANTITABÁGIKA, FÃ DO JOMI LOL E JÁ AGORA DO NOSSO AMIGO ANTI-TECNOLOGIAS: MARCHANTE (se não existisse tinham que o inventar) disse...

Mike, para mim água a ferver, os dentes tanto faz, normalmente é fria, manteiga não gosto, nem quente nem mole, os estores são a última coisa que abro, a cozinha não sou eu que a arrumo, raramente me descalço em casa, odeio chinelos...ah e só estudo com barulho... música, pessoas a falar, tudo, a mim o silêncio distrai-me...lol

Mike, não podia ser mais oposto de mim... acho que única coisa que concordamos é que a salada mista leva alface e tomates...lol

beijinho

Mike disse...

Nas antípodas, Lady Bird, nas antípodas. :)
À excepção da salada mista. (risos)

Júlia Moura Lopes disse...

pois a minha ultima chuveirada é de água fria. a começar no dedão do pé :-P

manias, boas, Querido Mike. Gosto de si assim, sabia?

Mike disse...

(risos)
Júlia, algo me diz que água fria consigo, nem no dedão do pé. ;)
E eu de si. :)

fugidia disse...

Mister, tenho uma dúvida pertinente:
como é que o Mister conjuga essa mania do banho de água fria com um banho... hã... hum... romântico, a dois?!
Não me diga que é por isso que gosta tanto das mulheres de botero (fugidia meditando): a camadinha de gordura tem as suas vantagens... mas, mesmo assim, não deve haver romantismo que resista :-p

(risos abafados, a fugir)
:-D

Mike disse...

Ora, Fugidia, não conjugo. (risada)
O duche diário é uma coisa, o banho romântico a dois é outra. E gosto das mulheres de Botero com as camadinhas de gordura porque... porque gosto. :)

Teresa Ribeiro disse...

Também me descalço quando chego a casa e lavo os dentes com água fria e abro fresta da janela do quarto (que fica assim todo o dia) e puxo para cima todas as persianas porque preciso de luz. Mas essa do duche frio, nem morta!!!

teresa ribeiro disse...

Ah! Esqueci-me do pormenor da loiça: também prefiro deitar-me mais tarde a deixa-la suja na bancada. Que é isto, Mike? Seremos almas gémeas? (LOL)

Grande Jóia disse...

Tirando o duche gelado, eu diria que é quase um homem perfeito, mas como isso não se encontra, diga lá que come torradas com manteiga dura apesar de ficarem todas partidas.;-)

Mike disse...

Ó Teresa, um passarinho segredou-me tudo isso e eu fiz batota... (gargalhada)
Brincadeirinha... quiçá almas quase gémeas ;)

Mike disse...

GJ, como torradas com manteiga dura. (gargalhada)

Leonor disse...

Partilho abrir as janelas, deixo tudo no basculante mesmo no Inverno. Não suporto escuridão ou o ar muito saturado :-)

mike disse...

Janelas fechadas e ambientes soturnos não combinam comigo, Leonor. :)

sum disse...

Ai Mike, não vi!!!! Juro que não me estou a armar em Diabinha. Esta não vi mesmo. Agradeço o convite e apesar de não o merecer (tal como disse à Julia) vou tentar responder o melhor que conseguir.
Ah e eu tb não gosto nem de escrever nem de ler com barulho. Não gosto não, não consigo mesmo.
Achei graça :))

Arquivo do blog