19.3.10

Père-poule?

Nada bem o rapaz. O controlo e equilíbrio da respiração? Isso faz parte do passado e um passado longínquo. Nada cada vez melhor e as braçadas do estilo costas já são dadas com desenvoltura. Como o salto do bloco. Mais importante que tudo isso: sente-se que o faz com gosto, prazer, alegria. Desconcentra-se momentâneamente porque o pai está presente, mas isso não o impede de se aplicar com afinco, não escondendo o orgulho pela presença do pai. Do único pai presente. O mimo veio a seguir quando pediu que o pai o acompanhasse ao balneário e o vestisse. Porque falo de um filho quando hoje é o Dia do Pai? Porque o reservei (o dia foi apenas uma coincidência) para o ver nadar, como lhe tinha prometido há algumas semanas. O mar está bom, o corpo pede uma sova, os pés têm saudades da areia fria e húmida da praia deserta, já faz tempo que a prancha não vai à água e o Dia do Pai é reservado ao filho. Deve ter a ver com a idade. Ou melhor, tenho a certeza que tem a ver com a idade. Ainda bem que só há mães-galinhas, não fosse alguém confundir-se e criar a designação père-poule.

8 comentários:

Luísa disse...

Vejo-a criada - e consagrada! - (esqueçamos a tímida interrogação) no título do «post». Um excelente dia do Pai, Mike. E parabéns pela desenvoltura aquática do rebentinho. :-)

fugidia disse...

Pai-galinha!
Pai-galinha!
Pai-galinha!
Pai-galinha!
Pai-galinha!
Pai-galinha!
Pai-galinha!
Pai-galinha!
Pai-galinha!
Pai-galinha!
:-)))


Ah!, e parabéns, PAI-GALINHA!!!
:-D

Catarina disse...

Bom dia do Pai, Mike! Não ligue a quem tem inveja...

papoila disse...

"Pai-galo"! Acho que deve ter sido um dia em cheio para o pai e para o filho, não há nada melhor!
Momentos especiais são os que enchem o coração para o resto da vida....
parabéns aos dois.

Mike disse...

Luísa,

Por mais que me esforce em sentido contrário, sou levado a crer que, ou conclui precipitadamente, ou está a confundir-se. ;-O

...................................

Fugidia,

Nã sou, não sou, não sou, não sou, não sou, não sou, não sou... e olhe que sei o que é uma mãe-galinha, ora! (riso abafado)

...................................

Obrigado, Catarina. :-)
Isto é só gente invejosa, claro! (risos)

...................................

Papoila,

Pronto, já vi que também se confundiu e passou a acreditar que essa coisa de pai-galo existe. Só existem mães-galinhas, senhora! ;-)
(E obrigado.) :-)

BACOUCA disse...

Mike,
Uma simples e boa maneira de passar o dia do Pai!
Pode ser galo, pavão mas é pai,caraças.
Transmitiu-lhe os ensinamentos do Prof. Morbey?!
Um xi

Mike disse...

Bacouca,

Transmito-lhe sempre os ensinamentos do Prof. Morbey e da Miss Fumié. :-)
Um xi lobitanga, caraças. :-D

ana v. disse...

Ena, tanta baba... PAI GALINHA!
Parabéns ao pinto.
:-)

Arquivo do blog