18.9.08

Para quem solicitou o Livro de Reclamações por não gostar da ASAE.

53 comentários:

JúliaML disse...

No dia dezassete do mês de Setembro do corrente mês, tendo-me dirigido ao lugar "Desconversa", verifiquei que apesar da porta estar entreaberta, não estava o responsável pelo sítio,Sr. Mike-Desconversador, tendo deixado um tabuleta tipo post-it escrito a dizer "venho já, fui comprar cigarros".

Face ao exposto, venho denunciar o seguinte:

- o responsável mentiu deliberadamente, com intuito de enganar.
- abandonou do sítio com total desrespeito pelos desconversadores
o que originou uma reacção EM CADEIA de Batedores de Porta Desesperados Sem Remédio(BPDSR).

Como consequência, a porta ficou em estado dito de "vulnerável comatoso" e na eminência de cair na cabeça dos desconversadores.

Como a ASAE não gosta de bolas de berlim mas adora Mc Donalds, venho dirigir-me a V.Exa., Sr. Livro de Reclamações, tendo em conta que sereis o meu único e ultimo recurso e defesa.

Pede deferimento,

JuliaML
A Desconversadora-Mor

(Assinatura e reclamação a Verde, cor da Esperança que um post nos salve)

ana v. disse...

LOL. Boa, Júlia!
Com uma reclamação destas não se brinca, Mike... o que tem a dizer a isto?

fugidia disse...

Subscrevo na íntegra a reclamação supra.
:-)))

mike disse...

Exma. Sra. Dra. Júlia, informamos V. Exa. que tomámos conhecimento da reclamação e respectiva denúncia, mas cumpre-nos dar-lhe conhecimento que nos vemos obrigados a dá-la como improcedente, considerando os factos que a baseiam. O Sr. Mike-Desconversa deixou de facto uma tabuleta tipo post mas jamais mencionou que "vinha já", apenas dizendo que "vou só ali comprar cigarros". "Só ali" poderia querer dizer que não se demorava, contudo não existe matéria para se concluir quanto tempo demoraria ou que haja um compromisso temopral da parte do acusado.

Se, como afirma, a porta está na eminência de cair na cabeça dos desconversadores, deverão ser imputadas responsabilidades ao proprietário, apenas e só quando isso acontecer.

Posto isto, Exma. Desconversadora-Mor, o processo será arquivado por não haver matéria para julgamento do acusado que, segundo sabemos, gosta de bolas de berlim sem creme.

P.S. - Cara senhora, a esperança é a última coisa a morrer e quem espera sempre alcança, se bem que possa desesperar.

Está dito, Ana. :-)

Subscreve mas sem efeitos práticos, Fugidia. (risos)

JúliaML disse...

Exmo. Senhor Livro de Reclamações,
remeto ao SUPREMO
C/o da SUPREMA DESEMBARGADORA DESCONVERSADORA ANA VIDAL


Venho impugnar a defesa do Mister Mike-Desconversador e cumprir com o contraditório.

Sendo certo que o Sr. Mike Desconversador como ele proprio disse, ontem, dia 17 "vou só ali comprar cigarros", como ele proprio repetiu, tenho a dizer o seguinte:
- ninguém no seu perfeito demora 2 horas na compra de cigarros,a não ser que a compra se efectue na China,.
- "ali" o "advérbio de lugar onde" que Milke-Desconversador usou para, num Acto de Má fé enganar os Descnversadores que represento, significa proximidade.

Não foi empregue o termo alhures, nem nenhures, neste ultimo lugar, depreender-se-ia o visado nunca mais voltar.

Protesto contra o arquivamento do processo, porque eu sempre que posso tiro sempre o creme às bolas.

CONCLUSÂO- Depreende-se do facto que o Mike- Desconversador tentou suburnar a Desconversadora-Mor com bolas sem creme.

Cumprindo com o art. 34º do dec. lei 2324/90000 do Código do Desconversador, peço:

- 3000.0000.0000 de indemnização por danos morais, pois sofro do coração desde que senti a porta na eminência de cair.

NOTA_ se ganha esta acção, vou comprar o Blogger.

fugidia disse...

Dado que a decisão supra não se mostra assinada, a mesma é nula; nulidade que invoco neste momento para todos os efeitos legais...

Aguardo, pois, que seja proferida outra decisão, válida, para que oportunamente possa recorrer ás instâncias superiores!

Para o caso de se vir sustentar que a decisão se mostra assinada pelo proprietário do blog, desde já se adianta que, a ser assim, a nulidade subsiste, uma vez que a reclamação foi dirigida ao livro de reclamações e não se pode ser julgador em causa própria...

(Com efeitos práticos, como se vê, Mister...)
:-)))

fugidia disse...

Querida Júlia,
temos de seguir a tramitação do processo :-)
O recurso sobre o conteúdo da decisão só pode ser apreciado depois de apreciadas as formalidades da mesma :-D

(não desperdice munições, s. f. f. - risos)

JúliaML disse...

:-)

eu também não assinei, Fugi...e agora? :-)

Aproveito para assinar e corrigir uum erro que agora vi
subOrnar - é assim que deveria estar LOL

JúliaML disse...

Fugi,

Se ele é o réu não pode ser ele a decidir, não acha?...

mike disse...

Exma. Sra. Desconversadora-Mor, não é necessária a intervenção da Suprema Desembargadora Desconversadora Ana Vidal ou de apelo ao Supremo. E, por favor, não desperdice munições, como diz a Fugidia, que já que a Exa sofre do coração. I rest my case. Para não ficar em dívida só preciso que me indique, não o número do seu nib mas em que despensa devo mandar entregar as 3000.000.000 unidades que exige como indemnização. Não havendo especificação alguma, cabe-me decidir o género. Serão grãos de areia.

Fugidia, a menina está mandatada como representante legal da Júlia? (riso abafado)

JúliaML disse...

Fugi,

que é tramitação? risos

que efeitos práticos ele exige?

As bolas de berlim secas entopem-lhe os neurónios...

mike disse...

Que neurómios Júlia?... de quem?... quais?... onde? (muitos risos)

JúliaML disse...

A Fugi é minha mandatária, não se percebe logo?

O pagamento será efectuado em
3000.000.000 de bolas de berlim sem creme.

mike disse...

Grãos de areia! A menina não pode comer tanta bola de berlim... mesmo sem creme. (risos)

JúliaML disse...

neurónios? onde? quem?

são rosas,senhor...

JúliaML disse...

posso, porque quero engordar :-(

mike disse...

Mas não são precisas tantas bolas de berlim, ora. Ainda fica com dores de barriga. :-)
Depois não me peça o Livro para reclamar... :D

Luísa disse...

Caros litigantes e seus representantes legais: continuem, por favor, o vosso pleito. Ainda nenhum levou a palma. ;-)

mike disse...

Ah, olá Luísa. Já percebi que também quer uma bola de berlim... (risos)

Paulo Cunha Porto disse...

Não me pronunciarei sobre o Mérito da questão. Chega-me constatar que não foi suscitada uma questão prévia - a da admissibilidade de um livro de reclamações ser preenchido com tinta SIMPÁTICA. A tal que só aparece quando exposta ao calor. Como o da Amizade na chama da Inteligência que aqui lemos.
Beijinhos e abraços

José, o Alfredo disse...

E as gordas? Com tanta reclamação e tramitação ficamos privados das nossas gordas. Acho mal.

fugidia disse...

Querida Júlia,
não posso, infelizmente, ser sua mandatária (risos) mas, de todo o modo, posso (e faço-o, bem se vê) reivindicar que se cumpram os mais elementares formalismos, como cidadã leitora deste desconversar :-)

Os "efeitos práticos" foram chamados à colação pelo Mister, quando quis dar a entender que a minha subscrição da sua reclamação não tinha consequências.
Mas, como é evidente, acaba por ter, na exacta medida em que o processado subsequente (ou seja, a resposta do Mister à sua reclamação e tudo o demais a seguir) devem ser declarados nulos por falta de forma.

Por último, quando mencionei a tramitação do processo quis referir-me a todos os passos (actos processuais) que devem ser seguidos, por lei, num processo.
(risos abafados)

Um beijinho :-)

fugidia disse...

Caro José, o Alfredo,
atendendo a tanta bola de berlim prometida e devida, creio que não se deve apoquentar em demasia.
Breve, breve teremos este espaço repleto de paletes de gordas!
(gargalhada)
:-)

JúliaML disse...

Querida Fugi, temos que proceder às partilhas das bolas LOL
se não se apressa, desaparecerão rápido.

fugidia disse...

Ai querida Júlia, eu estou em dieta rigorosa depois dos gelados das férias. E já me sabe bem sentir-me de novo a ver os kilos a irem-se embora :-)))

Bom proveito ;-)

cristina ribeiro disse...

Pelo andar da carruagem,o pleito terminará num acordo entre damas e cavalheiros, sem que tenha de se recorrer a instâncias superiores- que siga a desconversa, pois :)

JúliaML disse...

Estou estupefacta, querido Mike-Desconversador, um copy-paste de uma trampita de um Livro de Reclamações conseguiu 27 comentários, Euzinha que escrevo um poema quando "apita o comboio", tive apenas 20 comentários. :-))

O mundo é um desconcerto, já dizia o outro que lhe faltava um olho mas via mais que nós todos ou andamos todos com vontade de reclamar?

LOL

ana v. disse...

Ordem na sala, meus senhores! Insurjo-me com a tentativa de suborno, em pleno pleito e antes sequer de ter sido lida a sentença, que revela um profundo desrespeito por esta nobre casa.

Respeitem as togas, seus... tugas!

Declaro encerrada a sessão até a próxima segunda-feira, com as seguintes recomendações inapeláveis: os litigantes e seus representantes legais deverão manter-se afastados e sem contacto até à próxima sessão, para que não seja materializado o suborno insinuado, com bolas de berlim. Se esta proibição não for observada, os mesmos incorrerão em penas pesadas, contabilizadas na proporção directa do número de bolas ingeridas e da quantidade de creme contido nas mesmas.

Aqui nos encontraremos dentro de dois dias, então, para as alegações finais. Está encerrada a sessão.

A suprema desembargadora desconversadora, especialista em bolas sem creme (de preferência servidas na praia mas sem grãos de areia a envolvê-las)

mike disse...

Caro Paulo, simpatia e amizade é o que leio também nas suas palavras.
Um abraço.

mike disse...

Oh José, não seja por isso. Há gordas em quantidade para todos.

mike disse...

Fugidia, as bolas de berlim são da Júlia. Ela faz faz o que quiser delas... (risos)
Mas se está preocupada coma dieta... então... não coma, que mais ficam. (mais risos)

mike disse...

Cristina, já chegámos a acordo. Quer uma bola de berlim sem creme? (muitos risos)... ou também está em dieta? ;-)

mike disse...

Júlia, fez-me rir com gosto. :D
Mas note que a trampita de um Livro de Reclamações se deve por respeito ao desejo de uma senhora. :-)
É que todos nós encaramos os seus pedidos como poéticos, mesmo quando não "apita o comboio". :-)
E já que estamos todos com vontade de reclamar, então façamo-lo desconversando. (risos)

mike disse...

Ups!... Amigos, a Ana chegou. Temos que pôr a casa em ordem (esqueçamos a ordem na casa... risos). Júlia, Fugidia, Luísa, Paulo, José, Cristina, ainda sobra alguma bola de berlim para a Ana?
Até segunda-feira, Ana? Ah, então esqueça as bolas de berlim que até lá já acabaram. (gargalhada)

Nuno Castelo-Branco disse...

Quê?! Não me diga que podemos ir à ASAE e pedir um livro de reclamações...

JúliaML disse...

Mike, mais me ri eu ao escrever isso tudo.
Este lugar é muito bom de se estar.
Aqui, até me esqueço que isto é publico, talvez porque gosto de toda a gente que por aqui desconversa.

Sobre as partilhas das bolas, reparto irmamente por todos os Desconversadores,não poderia fazer de outra maneira, por isso estou tao magrinha de fisico e de bolsa :-)

Nuno, a ASAE só aceita reclamações de Casas típicas portuguesas, casas de comida plástica americana, não aceita. :P

Vou-me embora, que a senhora Desembargadora, mete respeito ;-)

de.puta.madre disse...

Ainda n percebi o ódio generalizado dos tugas à ASAE. Devem apreciar intoxicações alimentares ... deve ser isso.

ana v. disse...

Ora, que se lixe o processo judicial... alguém desembarga aí uma bola sem creme para a desembargadora-mor? Ou duas... lol

(é por isso que este país não vai longe... o supremo deixa-se corromper com uma bola de berlim...)

ana v. disse...

Mike, sugiro que apague as repetições do meu comentário... além de parecer um disco riscado só queria uma bola de berlim, e não quatro! O Blogger fica gago, de vez em quando... :)

mike disse...

Nuno, isso eu não sei. Mas bolas de berlim sem creme pode pedir à Júlia. :-)

mike disse...

(gargalhada)
Júlia, eu também me vou, não vá aparecer por aí a Sra. Desembargadora... ;-)

mike disse...

De puta madre, não é ódio... os tugas apenas gostam de ter com que e quem reclamar. Só isso, meu caro.

mike disse...

Ana, não apago não senhora. Pensa que não notei a dica? (risos)
A Ana quer é 5 bolas de berlim sem creme... (muitos risos)
Ainda sobra alguma Júlia? (riso abafado) Não? ah depois não venha reclamar que está com dores de barriga, menina... ;D

mike disse...

De puta madre, fiquei na dúvida... meu caro ou minha cara?

JúliaML disse...

ai é ódio, puta madre, pois!!Entonces proibem o unico bolo que eu gosto? tenho 51 anos de bolas de berlim,sem intoxicações e muita comidinha da portuguesa com muitos anti-corpos.

os ASAES's devem acreditar que os hamburgers Mac Donald's não intoxicam porque são de plástico!!

Mike, a Desembargadora ficou compulsiva - risos

JúliaML disse...

CINQUENTA COMENTÁRIOS??????????


livra!!

tchin!tchin!

venha uma Sagres, por favor! :-)))

cristina ribeiro disse...

Ó Mikezinho (deixa cá dar graxa :) ), posso trocar a bola de berlim por um pastel de Belém? Vá lá... :)

ana v. disse...

Já percebo porque é que não apagou as minhas "compulsões", Mike... queria chegar aos 50 comentários! Agora que já os ultrapassou, pode apagar, não?

JúliaML disse...

oh,Ana, porque não apagas tu?

o próprio pode apagar..

mike disse...

Pois ficou Júlia... (risos)
Deve ter sido das bolas de berlim sem creme. (mais risos)
Uma Sagres? Então a menina não é do Porto? Que eu saiba, cerveja no Porto é Super Bock. Hum... a menina deve ser do contra... (risada)

mike disse...

Claro que pode, Cristina. :-)
Pode e deve que a menina foi uma simpatia em relação ao meu pedido de castanhas assadas... (risos)

mike disse...

Pronto, apaguei eu, Júlia.
Está e ver Ana? Eu só queria mesmo deixar claro que tinha notado a dica em relação às bolas de berlim. ;-)

JúliaML disse...

Mister, o Livro ainda apodrece aqui. Precisa de arejo.

Os procedimentos estão concluidos, vamos a continuar com o expediente, se faiz favoire.

Arquivo do blog