12.9.08

Não estejas assim.

Ele não te merecia. Como pode um homem abandonar uma mulher como tu? Esses cabelos ruivos, esse ar gracioso, esse corpo deslumbrante. Não estejas assim. Rasga essa carta e esquece-o, mas mantém-te nas laranjas para não engordares e estragar essa magnífica silhueta. Queremos que continues bonita.

24 comentários:

Paulo Cunha Porto disse...

Assinado: E. Le Fante.
Abraço, Caro Mike

fugidia disse...

I´m so sorry, Mister, mas creio que a história é outra... mais ou menos assim:

«A história passa-se em ambiente familiar, num tom descontraído que se vai tornando denso e sério à medida que o tempo passa....» (risos)
O pai e os filhos gastaram o que a família tinha e não tinha.
E a mãe, face ao descalabro das contas por pagar pensa, amargurada, que só restam laranjas para a refeição e que assim não vislumbra como poderá manter aquela magnífica silhueta, tão do agrado do amante...

(risos cândidos - não gosto de ruivas, pronto!)
:-p

mike disse...

(gargalhada)
Abraço meu caro E. Le Fante. (muitos risos)

Hum... Fugidia, desta vez acho que não estou de acordo com a sua visão do quadro. Quantos às ruivas... pois... manias de homens... (risada maliciosa)

JúliaML disse...

que mau aspecto...

a história da Fugi é mais verdadeira.

ruivas, há-as em Espinho, são todas cabeleireiras LOL

ana v. disse...

E logo agora, que ela arranjou uma cama mais sólida... alguém a deixou a pão e laranjas, coitadinha! Não se faz a uma ninfa destas...

Luísa disse...

Visão por visão, Mike – e ressalvada a qualidade da obra, naturalmente – parece que ainda prefiro as paletes… ;-D

mike disse...

Acredite no que quiser, Júlia... eu cá não acredito nessa história das ruivas de Espinho. Hum... estou a ver que há para aí qualquer coisa contra as ruivas... (risos)

Pois não, Ana... coitadinha da moça... ;-)

Corine disse...

o que poderá haver contra as ruivas????

as de espinho são falsas (são cabeleireiras, certo?).

mike disse...

Exceptuando as de Espinho (as falsas),absolutamente nada, Corine, antes pelo contrário... :-)

... don't know for sure disse...

É raro encontrá-las verdadeiras, essa é que é essa (eu tenho umas madeixas naturais pelo Verão se surfar muito... hahahaha... só para picar)...

As ruivas são poucas, por isso é que encantam!

(;*

Quanto ao quadro... se ela está a comer laranjas... acho que a fugidia tem razão!! Papá, para a tua versão estar certa ela estaria a comer chocolate... ou NADA!!!

fugidia disse...

Claro, don´t know for sure :-)
Laranjas não ajudam nada para manter áquele físico... hã... magnífico...
(risos)

mike disse...

Beijo, ó ruivita de Verão em que surfas muito... :D
Se achas mesmo isso, quem sou eu para desconversar? (risos)
p.s. - em Barcelona não há ondas e aqui há... :-P

Fugidia, isto está a parecer um complot... (risos)

JúliaML disse...

come chocolates, pequena,come chocolates, há mais metafífica em comer chocolates do que em ler o Mike :D

mike disse...

Ó Júlia a minha pqeuena é a única que não lê o Mike. Lê o papá. (risos)

Corine disse...

Podem ser contas para pagar, pode haver dificuldades sérias na vida desta mulher...anda a pão e laranjas já não sabe sequer há quanto tempo... está meio perdida sem saber o que fazer.

mike disse...

Ó Corine, mas esse panorama ainda é mais dramático... coitada... ;-)

JúliaML disse...

Pensando melhor, é capaz de ser dieta rigorosa, Mike, e se for, digo-lhe já, ela ve-se com o corpinho tipo sereia, não vai querer mais saber de si . nem lhe agradecerá este momento de glória em destaque no blog durante dois dias a marinar tipo filetes de pescada.LOL

mike disse...

(risota)

Joana disse...

Olá crianças, tudo bem ? ...
Há de facto um estigma social fortíssimo em relação às ruivas. Odiadas a maior parte das vezes.
Mas também há quem tenha essa fixação, confessada ou inconfessada. Geralmente despertam sentimentos antagónicos e é muito complicado.
Homens medrosos fogem, os valentes aproximam-se.
Abraços.

Miss Dalloway disse...

é claro que são apenas problemas com a linha. coitada não come mais nada senão laranjas e...nada!!

até o ar engorda

Joana disse...

"Ser gordo/a" é um estado. Não se "é gordo", "está-se gordo" ... Ao contrário da estupidez que é irremediável.
Bem Haja !

mike disse...

Bem vinda Joana. E que bem que a menina desconversa... (risos)
Eu sou suspeito quando às ruivas. Acho-lhes piada. ;-) E estou de acordo consigo no que dz respeito ao ser-se Vs estar-se gordo.

Oh Miss Dalloway, coitada da moça de Botero... não são só problemas com a linha, ela sofre claramente de amor. :-)

JúliaML disse...

Vamos lá a ser objectivos, as ruivas só têm piada quando têm sardas e a cor é natural. Essas são as verdadeiras ruivas. Não é o caso daquelas que falavamos.

Eu gosto da tipo "cenourinha" com aquele ar de eterna adolescencia.

mike disse...

Vamos lá a ser ainda mais objectivos, Júlia... eu gosto dessas ruivas que têm piada porque têm sardas e a cor é natural e das do tipo "cenourinha" com aquele ar de eterna adolescência. Está a faltar alguma ruiva? (gargalhada)

Arquivo do blog