4.7.10

Programa familiar.

Foi bonita a 8ª Gala de Boxe Olímpico, com o Pavilhão Casal Privilégio engalanado para receber inúmeros apoiantes e apaixonados pela nobre arte. O orgulho do meu irmão, escondido com dificuldade, tinha origem no facto de ser o treinador de alguns dos atletas que representavam o nosso clube e não por ser o gerente de algo que inicialmente não passava de um velho barracão e hoje é, depois de esforços incalculáveis e de uma dedicação extrema, um respeitável clube de boxe amador da Grande Lisboa. Estou certo que é com muita dificuldade e hercúlea compreensão que alguém possa entender a ida a uma gala de boxe amador como um programa familiar. Mas foi assim ontem, com três gerações sentadas na primeira fila. A minha mãe nunca foi e não é agora, aos oitenta e dois anos, que se irá tornar apreciadora. Mas sente que cumpre uma missão, ao apoiar um dos filhos. Eu não, eu sempre fui fã mesmo de antes de praticar. Para o mais novo foi a sua estreia de boxe ao vivo, aos cinco anos. E gostou, principalmente quando pediu dois pares de luvas ao tio e subiu com o pai ao ringue, depois da gala ter terminado e o pavihão ser só nosso. Gosto de boxe, principalmente de boxe amador. Mas isso não interessa agora. O que importa é ter gostado de rever o Pelé, um dos meninos que "tirámos da rua". Venceu o seu combate e teve uma performance fantástica (está a combater muito bem o miúdo). Foi gratificante constatar que se mantém humilde e respeitador e sentir o meu momento de orgulho silencioso e solitário quando me disse que tinha passado o ano com muito boas notas. Afinal... afinal ainda há esperança.

21 comentários:

GJ disse...

Ainda há esperança de podermos ser todos iguais.
Bom domingo, Mike.:-)

Catarina disse...

É bom ver que ainda há esperança para todos.

bacouca disse...

Mike,
Claro que há esperança! A esperança do seu irmão em transformar um barracão velho em algo de aproveitável e onde se exerce uma actividade para muitos interessante e que deu também esperança ao Pelé e a tantos outros.
E porque não um domingo ou outro dia qualquer da semana, para ter reunida 3 gerações? Que maravilha!
Os meus parabêns ao seu irmão, a si e ao seu filhote que o apoiam, capitaniados por uma adorável senhora.
Por isso um grande xi.

fugidia disse...

Ya, lembro-me bem da 1.ª vez que fui ao famoso Pavilhão Casal Privilégio... <:o)

fugidia disse...

(eu detesto boxe, pronto, tinha de o dizer :-p)

fugidia disse...

(mas sim, admiro o que foi feito e admiro o irmão de V. Excia)
:-)

Luísa disse...

Faço meus apenas os dois últimos comentários da Fugi, uma vez que, em relação ao primeiro, não tive o «privilégio»... ;-D

Mike disse...

GJ,

É essa a esperança, de facto.
(Já não vim a tempo de lhe desejar, sequer, boa segunda-feira). Olhe, boa terça-feira. :-)

...................................

Catarina,

Também temos que a fazer ou contribuir para que haja, não é? :-)

...................................

Bacouca,

Os parabéns serão transmitidos a todos sem excepção. Principalmente à senhora que nos capitania.
Um xi. :-)

...................................

Fugidia, (risos)

Eu também me lembro. A senhorita meio desconfiada, parecendo entrar num antro de delinquentes com ambiente de má frequência. (mais risos)
Até foi convidada a treinar, mas compreendo que tenha declinado o convite. ;-)
Quanto ao boxe, ainda há-de gostar. (risada)

...................................

Ó Luísa, por quem sois. Um dia tratarei que tenha o "privilégio". ;-D

fugidia disse...

Ora essa, Mister, desconfiada MESMO!, com a certeza de estar a entrar num antro de deliquentes, estava quando fui com o pirata acompanhar a minha irmã e o seu conformado esposo a uma célebre loja de tatuagens... :-(

(havia de ser o meu pirata a querer fazer uma tatuagem... acabava-se logo o namoro, humpfrt!)
:-p

ana v. disse...

Diz à tua mãe que eu a acho uma heroína.
E ao teu irmão, já agora, que lhe dou os parabéns. Mas de longe...

JB disse...

Mike: o respeito pelo programa familiar acima de tudo. A seguir vem a pergunta ingénua: porque se chama nobre arte (marquês de Queensbury?) a uma actividade que tem por objectivo por o adversário KO - literalmente desmaiado no chão?

Mike disse...

Dir-lhe-ei, Ana.
E ao meu irmão também... mas de perto. ;-)

...................................

JB,

De facto os programas familiares espelham um pouco o significado actual de família... nada ortodoxos, ambos. Mas é como diz, o respeito acime de tudo. Quanto ao boxe ser a nobre arte, só conheço uma justificação: por ser um desporto (leu bem, JB, um desporto) que se esgrima com os punhos, ou com as mãos. Um abraço.

Mike disse...

Fugidia,

Olhe que o seu pirata ainda lhe aparece com uma tatoo tribal no ombro... (risos)

bacouca disse...

Mike,
Com o caraças já nem deixa desejos de bom fim de semana? Acho que a Sra sua Mãe lhe deve ter lembrado!!!
Por falar nisto chegou a ver o post e o prémio que lhe deixei há tempos devido a um "desejo" de bom fim de semana que aqui deixou?
Olhe um bom fim de semana para si
Também para:
GJ
Fujidia
Luisa
Catarina
etc.

Mike disse...

Bacouca,

Muito reclama a menina. E abe que mais? reclama com toda a razão e ainda bem. Esta gestão do tempo um dia há-de ir ao lugar... pode estar certa disso. :-)
Um xi, patrícia. :-D

bacouca disse...

Mike,
Eu só reclamo por aquilo que gosto...!
Um xi

fugidia disse...

ele que se atreva... humpfrt...
:-p

Lisa Nunes disse...

Mike
Antes de mais nada:FELIZ DIA (aqui no Brasil = dia do amigo!!) Saudades de vir aqui!Um Grande abraço, de sua amiga gaucha

Lisa Nunes disse...

Mike,
Sempre haverá esperança quando há pessoas assim, humanas e corajosas como seu irmão. Um Grande abraço saudoso

bacouca disse...

Mike,
Para quê reclamar só daquilo que se gosta? Nem assim nos dão ouvidos...
Agora só espero que esteja tudo bem consigo.
Um xi com saudades

Mike disse...

Fugidia,

Acho que o pirata ainda não se atreveu, mas quand se atrever não será com aviso prévio. (risos)

...................................

Lisa,

Quanto tempo... que agradável surpresa! Obrigado pelo seu comentário, amiga gaúcha... "tché" (é asim que vocês dizem, certo?... risada). Um abraço. :-)

...................................

Bacouca,

Amiga patrícia, tem toda a razão nessa sua reclamação. E eu penalizo-me por isso. Mas olhe que está tudo [(e agradeço o todo o cuidado ;-)]. É mesmo só falta de tempo e, confesso, preguiça.
Um xi. :-)