30.7.10

Amigos de infância.

Três amigos de infância. Amigos de uma infância africana, numa Angola distante mas presente. Uma amizade construída entre pescarias, patifarias e travessias secretas de uma baía num barco rústico de bimba, só mais tarde confessadas aos progenitores. Sem data para se encontrarem, passam-se anos sem se verem ou falarem. Quando se encontram é como se tivessem estado juntos no dia anterior. E quando se separam não marcam o encontro seguinte. A conversa é de hoje, não de ontem, versa o presente e o futuro, e muito raramente o passado. Um passado que está lá, mas não torna o encontro nostálgico ou saudosista. Gosto dos almoços destes três amigos de infância. Gosto destes dois meus amigos de infância.

11 comentários:

papoila disse...

AI...a AMIZADE!
Tantas alegrias, cumplicidades,não há nada que se lhe compare!!!!

JúliaML disse...

também tenho amigos de infância e nunca fui a Angola, ora!

Mike disse...

Papoila, esta amizade dos amigos não se verem só é possível porque são os três homens... (risos) :-)

...................................

Pronto, lá tinha que vir a menina Júlia a tresler e a desconversar, ora... :-D

fugidia disse...

Hum... parece-me que o Mister é o último da fila, com ar... resmungão?!
:-)))

bacouca disse...

Mike,
O caraças, dessas amizades dos amigos não se verem é porque são homens. Onde foi buscar essa teoria?! Outro dia encontrei-me com um amigo que já não via há 42 anos e foi como se tivessemos visto na véspera. Recordamos momentos dessa altura mas depois a conversa foi uma cavaqueira deliciosa sobre o que tinhamos feito nesse interregno, e o que estava a acontecer com cada um no momento. Era um homem e uma mulher e ainda por cima o meu 1º namorado, hehehe!
Eu concordo com a Fugitiva: o Mike deve ser o último da fila: ar de refilão mas com uma pombinha da paz acompanhando-o.:)))).
Estes momentos não têm preço!
Xi

Mike disse...

É claro que a minha teoria está certa, senhora Bacouca. (risos)
A Fugitiva é uma marota, nada de ir na conversa dela que desconversa melhor que eu. ;-)
Eu sou o do meio, que aquela pombinha da paz é dada a travessuras... já viu o que ela largou na cabecita do último da fila? (mais risos)
Olhe, estes momentos, nem o Master Card compra. ;-D
Xi.

Mike disse...

Fugidia, eu não sou resmungão, como umas certas pessoas que conheço... (riso abafado) :-))

GJ disse...

Tem de ser o da frente, pelo ar de comando e pelo tamanho da figura...;D

GJ disse...

E ainda tem o pormenor da maçã na maãozinha (risos)

Luísa disse...

Também me inclino mais para o primeiro, GJ. Cá pelo arzinho angelical... ;-D

Mike disse...

GJ, eu sou o do meio exactamente porque um dos amigos é mais alto que eu. E porque o do meio tem o ar que mais se assemelha ao meu... angelical, claro. :-)

...................................

Acho que a Luísa não decifrou na perfeição. (muitos risos)
O do meio é o angelical... não se vê logo? ;-)