23.12.08

Entre desenhos feitos hoje e a escrita posta em dia amanhã.

A minha menina chegou a Lisboa. Lembram-se? a mais velha que estava em Barcelona com uma bolsa de estudo, a trabalhar numa produtora de audiovisuais. Casa cheia. Esta noite tive os quatro à minha volta. Voltei a ter a sensação de viver na Pensão Estrelinha. Amanhã temos um jantar agendado. Eu e ela apenas, para conversarmos os dois, para pormos a escrita em dia que hoje só se fizeram desenhos, para que todos entendessem. A lógica é um bocado como a do Tintin, limitando um pouco mais a faixa etária que em vez de ser dos sete aos sententa e sete, é dos quatro aos quarenta e oito. Mas gostei dos desenhos, gostámos todos, até o caçula, o único que teve direito a prendinha. E sei que gostarei da parte escrita, amanhã. Porquê? Porque há muito que me habituei a gostar do que ela escreve, que é como quem diz, do que a mais velha me diz e conta. Veio pelo Natal e comprou apenas bilhete de vinda. Voltará para Barcelona? Amanhã saberei. Sei que a vontade dela é voltar e não serei eu a desaconselhá-la, antes pelo contrário, que se há alguém que a incentive é este pai, que já viveu em Angola, em Londres, em Cambridge, em Brighton e em São Paulo. Ela já sente Lisboa demasiada pequena apesar de ser apaixonada pela cidade que a viu nascer. Será como quiseres, filha. E como puderes. Mas será. Aqui, em Barcelona, ou noutro lugar qualquer do mundo onde te sintas realizada e feliz.

12 comentários:

cristina ribeiro disse...

Melhor apoio? Nem por encomenda...

fugidia disse...

Pai babado... dê um beijinho à sua Rainha nesse jantar :-)

José, o Alfredo disse...

Ainda por cima lá, em Barcelona, joga-se à bola como deve ser. Nenhum pai que se preze quer que os filhos vejam o que se passa por cá... Felices Fiestas a todos.

Mike disse...

Obrigado, Cristina. Faz-se o melhor que se pode e às vezes não é suficiente. :-)

Mike disse...

Darei, Fugidia. Mas não sou um pai babado, menina. :-)
E muito menos galinha (ou galo, neste caso), como algumas mães que conheço. (risos)

Mike disse...

Podes crer José. Dá-me a sensação que hoje tens para aí uma espinha encravada... Felices Fiestas para usted y su família. Abraço.

ana v. disse...

Não és um pai babado? Pois imitas muuuuito bem... um beijo a essa meia-espanholita cheia de personalidade e garra.

Mike disse...

E não sou, não sou, não sou!!! (risos)
Dar-lhe-ei o teu beijo, Ana. :-)

Grande Jóia disse...

Mike, que bom que é ter uma pensão estrelinha cheia de filhos. Os meus também já chegaram.Nada como uma casa cheia de histórias novas...enquanto não nos deram cabo da cabeça...(risos)
Bons jantares, boas conversas:-)

Mike disse...

(risos)
Começo a achar que alguns avôs têm razão quando dizem que os momentos mais felizes das vidas deles são dois: quando os netos chegam e quando se vão embora... (muitos risos). E nem me diga nada sobre a pensão, safa... ;-)

Leonor disse...

São tão enternecedores os post sobre a sua prole, Mike :-)

Mike disse...

Obrigado, Leonor. :-)))